terça-feira, 30 de outubro de 2012

Polícia encontra bordel dentro de mosteiro centenário na Rússia

A polícia de Moscou fechou uma casa de prostituição que funcionava dentro do Sretensky, um dos mosteiros mais antigos de Moscou, fundado em 1397. O abade do prédio centenário é apontado como conselheiro espiritual do atual presidente da Rússia, Vladmir Putin.

Polícia investiga se instalações de mosteiro, fundado em 1397, foram usadas como bordel.
(Foto: Reprodução/Site Oficial/G1)

De acordo com o jornal “Telegraph”, há versões diferentes da história. Depois que duas mulheres foram presas por oferecerem serviços sexuais em um local próximo ao prédio, o porta-voz do mosteiro disse que um “hotel vizinho” prestava esse tipo de serviço, mas que eles nunca tiveram relação com a casa.

Um dos atendentes do monastério disse ao jornal que instalações do prédio foram alugadas, para o que seria um seminário. O bordel, no entanto, teria sido descoberto quando funcionários foram verificar quais quartos seriam temporariamente do monastério. “O estabelecimento esteve ali por um bom tempo, pertence a alguém e não tem conexão conosco”, afirmou o funcionário.

A polícia afirmou que está procurando os responsáveis pela casa de prostituição.

Leia mais em: G1.com