sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Bear Grylls cria polêmica ao colocar tobogã em desfiladeiro

O parque do aventureiro Bear Grylls criou uma polêmica ao instalar um "tobogã" em um desfiladeiro na sua ilha particular e está sendo investigado por uma comissão, por preocupações de planejamento e segurança.

Bear Grylls, de 39 anos, é conhecido por colocar sua vida em risco no programa "À prova de tudo", do Discovery Channel, que ele protagonizou entre 2006-2012.

Tobogã foi colocado no desfiladeiro de um parque e causou
polêmica por questões de planejamento e segurança.
(Foto: Reprodução/Twitter/Bear Grylls)
Após todas as aventuras vividas, o homem resolveu colocar o escorregador enorme e muito íngreme em seu parque na ilha de St. Tudwa, a cerca de uma milha da península Gwynedd Llyn, onde ele vive com sua família, de acordo com o jornal britânico "Daily Mail".

Em seu Twitter, ele fez questão de anunciar a novidade. "Novo slide anexado em casa, na nossa ilha", escreveu. "Você consegue chegar na água muito rápido!".

"Os policiais do serviço de planejamento do conselho estão investigando o caso e irão discutir o assunto com o proprietário do local", disse um porta-voz do Conselho de Gwynedd.

Grylls comprou a ilha em 2001 e agora resolveu inovar seu parque com uma diversão a mais, além da paisagem rochosa e das montanhas deixam o lugar com uma paisagem exuberante.

"Estou muito preocupado que um acidente poderia acontecer neste local", disse Wyn Williams, que representa o Conselho de Gwynedd . "Foi-me dito que o tobogã pode ser usado apenas algumas horas por dia, devido à maré, e que ele só pode ser usado quando o Sr. Grylls estiver na ilha".


Bear Grylls, ex-apresentador do programa 'À Prova de Tudo'.
(Foto: Reprodução/Frederick M. Brown/AFP)
Ainda assim, Grylls nunca informou ao município e o departamento de segurança da sua intenção de instalar o escorregador e não houve discussões de pré-planejamento também, informou o jornal.

Enquanto Grylls apresentou um pedido oficial de planejamento para a construção de um porto na ilha, a fim de fornecer acesso seguro para ele, o tobogã surgiu como uma grande surpresa para a Comissão de Segurança.

"Eu presumo que a permissão de planejamento seria necessário neste caso", disse Sol Michael Owen, vice-presidente do comitê de planejamento do Conselho de Gwynedd. "O conselho pode precisar certificar-se de que também não são necessárias outras restrições marítimas ou disposições", completou.

Leia mais em: G1.com