sábado, 1 de junho de 2013

Açougueiro vende bacon de porcos maconheiros

William Von Schneidau diz que seus leitões pururucas são caros, mas dão o maior barato.
(Foto: Reprodução/KOMO News/R7)
Um açougueiro de Seattle (EUA) inventou essa agora: ele alimenta seus porcos com maconha.

William von Schneidau, dono do BB Ranch Meats, sempre fez experimentos com seus porcos.

Houve uma época em que ele dava vodca para os animais beberem e dizia que isso amaciava a carne deles. 


Na real, o que ele diz é que faz a vontade do cliente.

— Toda vez que alguém pede pra que eu faça algo com a carne de porco, eu faço. Faço e ainda faço umas porções extras, que é pra ver se tem mais gente que gosta.   

Schneidau diz que não consome marijuana, mas brinca, dizendo que é “um assunto nebuloso”. Ele nem se lembra de quando a ideia de dar maconha aos porcos surgiu.


Ele usa restos dos pés de maconha cultivados por um agricultor autorizado a plantar a erva em caráter medicinal e fica irritado quando alguém pergunta se ele faz isso pra deixar os porcos chapados.

— As pessoas adoram perguntar essas coisas, se eu acho que os porcos sentem o efeito da maconha, se eles ficam muito loucos e eu digo “Espera um minuto! Vamos recapitular a história!”. Tudo que nós estamos fazendo é tentar ajudar os fazendeitos locais a controlarem as emissões de carbono.

Seu açougue já vendeu quatro porcos alimentados com maconha e os clientes disseram que a carne pareceu mais saborosa. 

O próximo passo, diz o açougueiro em tom de piada, é alimentar os porcos com picles, para ver se isso também influencia no sabor da carne.

Leia mais em: R7.com

Curta a página do blog no Facebook, siga o perfil no Twitter e adicione o Lero-Lero aos círculos do Google+

Twitter        Facebook        Google +